O homem, um ser estranho

pensarA verdade mais simples sobre o homem é que ele é um ser muito estranho; quase que no sentido de ser um estrangeiro na terra. Com toda a sobriedade, pode-se dizer que ele tem bem mais da aparência externa de alguém a trazer hábitos estrangeiros de uma outra terra do que da aparência de mero desenvolvimento desta terra. Ele tem uma vantagem injusta e uma desvantagem injusta. Ele não pode dormir só com a sua própria pele; ele não pode confiar em seus próprios instintos. Ele é ao mesmo tempo um criador movendo as suas mãos e dedos miraculosos e uma espécie de aleijado. Ele está enrolado em ataduras artificiais chamadas roupas; ele está escorado em muletas artificiais chamadas mobília. A sua mente tem as mesmas liberdades duvidosas e as mesmas limitações selvagens. Único entre todos os animais, ele é sacudido com a bela loucura chamada riso; como se ele tivesse percebido algum segredo na forma mesma do universo, escondida do próprio universo. Único entre todos os animais, ele sente a necessidade de desviar os seus pensamentos das realidades básicas de sua existência corporal; de escondê-los como se na presença de alguma possibilidade mais alta que cria o mistério da vergonha.

G. K. Chesterton

Publicado em Reflexões | Deixe um comentário

Pastorado feminino

Na minha perspectiva a ordenação de mulheres ao pastorado é uma significativa distorção teológica. Lamentavelmente  tenho  visto nos últimos anos inúmeras igrejas consagrando mulheres ao ministério pastoral. Isto posto, gostaria de forma prática e objetiva elencar sete motivos porque  não creio em mulheres pastoras:

1- As Escrituras não referendam a ordenação de mulheres ao ministério pastoral. Não vejo na Bíblia nenhum texto que apoie a ordenação feminina ao presbiterato.

2-  Jesus não chamou apóstolas entre os doze. Todos os apóstolos escolhidos por Jesus eram homens.

3- As Escrituras não defendem o igualitarismo e sim o complementarismo. Continuar lendo

Publicado em Estudo bíblico, Teologia | Marcado com , , | Deixe um comentário

Fé e razão

Fé e razãoQualquer debate sobre fé e razão deve fazer a seguinte pergunta: “O que é fé?”. A resposta bíblica, de acordo com o autor de Hebreus, é que fé é a garantia do que se espera e a prova do que não se vê (Hb 11.1). O autor de Hebreus prossegue dizendo que pela fé podemos entender que o mundo foi formado pela Palavra de Deus. A primeira coisa que podemos observar nessa declaração é que a fé é algo substancial, não efêmero. Em segundo lugar, ela representa um tipo de evidência; ela é a evidência de algo que não pode ser visto. Continuar lendo

Publicado em Reflexões | Marcado com , | Deixe um comentário

Minha retrospectiva.

jesus-o-bom-pastor

O Senhor foi o meu pastor, em nada senti falta. Ele me fez deitar em pastos verdejantes, guiou-me mansamente a águas tranquilas. Refrigerou a minha alma, guiou-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. Ainda que eu andei no vale da sombra da morte, não temi mal algum, pois Ele esteve comigo, a sua vara e o seu cajado me consolaram neste ano de 2016.

Que sua misericórdia, seu amor, sua graça esteja comigo no ano de 2017.
Soli deo glória.

Publicado em Mensagens, Reflexões | Marcado com , | Deixe um comentário

Desiludido e Feliz: Confissões de um cristão.

desilusãoCreio que deva começar esclarecendo meu conceito de desilusão, antes que alguém o interprete como fracasso, desistência ou desânimo. Muito pelo contrário. Na verdade a palavra desilusão implica o fracasso da ilusão, ou seja, a libertação de um estado de ilusão no qual um indivíduo se encontra. Neste sentido a ilusão tem sempre um caráter de maldade e a desilusão é sempre benéfica. Jesus disse: “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8.32). Eu acredito que o conhecimento da Verdade (o próprio Filho de Deus), rompe as trevas de nossas ilusões, nos desilude, nos mostra a dimensão do real e nos faz alegrar com o mesmo. O problema relacionado à desilusão é a reação do desiludido em face da mesma. A minha é de felicidade e gostaria de compartilha-la com você. Continuar lendo

| Deixe um comentário

Quando Deus negou Jesus.

agonia no jardimQuem não chora, não mama, né? No mínimo é isso que escutamos hoje em dia por aí. E muitas vezes esse ditado tem se mostrado verdadeiro. Pedimos bastante durante o nosso dia e, especialmente, pedimos muitas coisas para Deus. Sendo honestos ao nos avaliarmos, a maioria das coisas que pedimos para a nossa própria satisfação, são pedidos egoístas. E para sermos bem sinceros, não gostamos muito de sermos contrariados e de recebermos um não.

Nesses dias parei para pensar se Cristo também pedia as coisas como a gente pede. A princípio não me parece que Cristo pedia muito. Especialmente coisas para si mesmo. Nos evangelhos, de vez em quando vemos Jesus pedindo para que Deus cure ou ressuscite alguém, mas nunca pedindo algo que viria a beneficiá-lo. O foco maior de Cristo sempre foi o bem das pessoas a sua volta e nunca Ele próprio. Continuar lendo

Publicado em Reflexões | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Pare o mundo que eu quero descer …

Stop-The-World-I-Want-To-Get-OffQue as coisas aqui neste ínfimo ponto celeste no universo já não estão indo bem, todos nós já sabemos. Já não é mais possível abrir um jornal, ler uma revista, conversar com algúem, sem receber tanta notícia estranha, tantas catástrofes, tanta hipocrisia, tanta involução.

É como se o homem já não fosse somente mais a imagem do lado de fora. Não sei se felizmente ou infelizmente estamos expondo publicamente e aos quatro ventos o homem pelo lado reverso. Entranhas de um ser moralmente corrupto e deformado pelo pecado. Miolos e tripas cheias de excremento expostas a luz do sol, o pior de nós mesmos, raça dita humana, não mais como acontecimentos singulares para uma manchete, mas como nosso cotidiano. É só lembrar da velha letra da canção … Continuar lendo

Publicado em Reflexões | Marcado com , , | Deixe um comentário